quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Resenha: A menina que semeava

Oi amigos

Hoje venho para trazer mais uma resenha. Espero que gostem.

A menina que semeava 

Autor: Lou Aronica
Editora: Novo Conceito (editora parceira, livro cedido através de parceria).

Sinopse: Chris Astor é um homem de seus quarenta e poucos anos que está passando pelo mais difícil trecho de sua vida. Ele tem uma filha, Becky, de 14 anos, que já passou imensas dificuldades até chegar a se tornar uma moça vibrante e alegre, mas que parece que terá que enfrentar mais um grande problema em sua vida. Quando Becky era pequena e teve câncer, Chris e ela inventaram um conto de fadas, uma fantasia infantil que adquiriu vida e tornou-se um terrível, provavelmente fatal, problema. Agora, Chris, Becky e Miea (a jovem rainha da fantasia criada por pai e filha) terão que desvendar um segredo: o segredo de por que seus mundos de fantasia e realidade se juntaram neste momento. O segredo para o propósito disso tudo. O segredo para o futuro. É um segredo que, se descoberto, irá redefinir a mente de todos eles. A menina que semeava é um romance de esforço e esperança, invenção e redescoberta. Ele pode muito bem levá-lo a algum lugar que você nunca imaginou que existisse. Uma fantasia que trabalha assuntos densos como a separação dos pais, oncologia infantil, separação de filha e pai, adolescência. A menina que semeava não é um livro sobre adolescentes comuns. É sobre uma que se deparou prematuramente com a ameaça do fim e teve de tentar aprender a lidar com ele.

Minha sinopse/opinião: O livro conta a história de Becky, que quando era pequena teve leucemia e para ajudar a superar essa fase seu pai Chris cria junto com a pequena um mundo mágico chamado Tamarisk. Quando Becky vira adolescente ela não quer mais saber de ter um bom relacionamento com o pai, nem de falar mais sobre Tamarisk, mas alguns acontecimentos fazem com que ela volte a se interessar por esse mundo, o que também faz com que se reaproxime do pai.
Tamarisk serve para reaproximar pai e filha, mas não é apenas um simples detalhe no livro. Este mundo é o que deixa o livro incrivelmente delicioso de se ler. É como “a fantástica fábrica de chocolate”, aquele lugar que você consegue imaginar todos os detalhes, e mais ainda, aquele lugar que você deseja conhecer.
Tenho o costume de ler antes de dormir e este livro me fez muito querer sonhar com Tamarisk e querer estar lá, assim como Becky e seu pai. Um livro maravilhoso, que consegue entrelaçar questões muito delicadas, como uma doença grave e um relacionamento conturbado entre pai e filha, com um mundo de fantasia delicado e envolvente. Com certeza um dos melhores livros que li este ano.
Para concluir, a diagramação é muito agradável e proporciona uma leitura muito confortável. E a capa é surpreendentemente linda, que seria capaz de me fazer comprar um exemplar sem nem ao menos saber da sinopse.

Quote:
 “Quando minha vida passar perante meus olhos, Chris pensou, é essa imagem que eu quero ver.” 
A menina que semeava – Lou Aronica – pág. 226 


E vocês, pretender ler este livro?
beijos
;*

4 comentários:

  1. Adorei a sinopse do livro e adorei sua resenha. Muito interessante: uma mistura de sick lit com literatura fantástica e drama. Tem que ser um escritor completo para ser capaz de fazer toda essa mistura. Não sou muito fã de sick lit, mas o livro me conquistou pela forma como o pai usa a fantasia para tornar o mundo conturbada da filha em algo mais suave.

    Parabéns!!!

    Adriana Medeiros - minha Velha estante
    minhavelhaestante1.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. É um dos livros que mais me emocionou no ano. Extremamente criativo e emocionante. Adorei saber sua opinião sobre o livro.
    Beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderEliminar
  3. Olá.
    Nossa,a capa e a sinopse faz a gente amar e ainda completa com sua resenha e não tem jeito rsrs
    Este mês preferi ficar com o Bruxos e Bruxas,mas da próxima este vai ser escolhido ^^
    Me conquistou mesmo.
    Beijos
    Tamires C.

    ResponderEliminar
  4. Foi um dos livros que eu mais gostei. Não imaginava que a história pudesse ser tão linda e tocante, mas me surpreendi para a melhor ^^
    Gostei bastante da sua resenha.
    Bjuxxxxx

    ResponderEliminar